Segunda feira, 09 de dezembro de 2019
Fala Matão

Matão registra aumento de 20% no consumo de energia elétrica

Ibitinga segue com a mesma porcentagem de aumento dividindo a primeira posição com Matão no mês de outubro

  • Alex Gasoni
  • 11:16
  • Terça-feira, 26 de novembro de 2019
Fala Matão - Alex Gasoni
Base da CPFL da cidade de Matão/SP

Com o fim do inverno e a chegada de temperaturas mais altas, os consumidores precisam tomar cuidados em sua rotina para evitar sustos com um aumento das contas de energia elétrica. De acordo com levantamento da CPFL Paulista, distribuidora que atende 4,5 milhões de clientes no interior de São Paulo, o consumo de energia cresceu 15% entre setembro e outubro deste ano na média das 234 cidades da sua área de atuação. O incremento é decorrente das altas temperaturas que estão sendo registradas no interior de São Paulo, resultando na maior utilização de aparelhos como ar-condicionado, chuveiros e refrigeradores.

Somente nas cinco maiores cidades da região de Araraquara e São Carlos, os clientes da empresa consumiram 10,3 mil megawatts-hora (MWh) de energia a mais no mês passado na comparação com setembro. Na média, o aumento foi de 16%. O montante seria suficiente para abastecer 4,3 mil novas residências pelo período de um ano.

Matão e Ibitinga foram os municípios que registraram a alta mais intensa, com uma ampliação de 20% no uso da energia. Em seguida, estão Descalvado, São Carlos e Araraquara. Seguem dados detalhados de cada uma das cidades:

Dicas para economizar. Uma dica importante a ser sempre observada pelos clientes no momento de comprar um eletrodoméstico é procurar o Selo Procel, que mostra o nível de eficiência energética dos equipamentos. O consumidor deve optar pelos equipamentos com selo A, que sinaliza que o produto em questão possui um elevado nível de eficiência no consumo energético. Isso serve para qualquer eletrodoméstico, como geladeira, ar-condicionado ou uma televisão.

Além do ganho financeiro para o consumidor, a economia no consumo de energia também beneficia o meio ambiente. “O uso consciente dos recursos naturais ajuda a reduzir a demanda por energia e, consequentemente, evita a sobrecarga do sistema, o que pode levar, por exemplo, ao acionamento de usinas termelétricas, que são mais caras e poluentes. Todos saem ganhando quando a energia elétrica é utilizada de forma consciente”, reforça Roberto Sartori, Presidente da CPFL Paulista.

Fonte: CPFL

Copyright © 2018 Fala Matão - Textos, fotos, artes e vídeos do Fala Matão estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do portal Fala Matão.
contato@falamatao.com.br
(16)9 9993-9237

ComentáriosOs comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.